Anarchicks
















Sáb. 31 Março – Anarchicks
Indie / Pop
Café –Concerto - 23.00h
Entrada 3 euros

1 Guitarra, 1 Baixo, 1 Sintetizador, 1 Bateria e 4 vozes dissidentes chegam para semear discórdia e inquietar os ouvidos da multidão.

Disparam música em todas as direcções, sem preconceitos nem compromissos (Anarchicks não dão satisfações a ninguém!). Desde o Pop, Punk, Funk com cheirinho a Kuduro, Disco, Rock oblíquo com tendências Psyco, Gothic trips, and so on, and so on...
Em suma: Riot Girl Power à portuguesa!

Pris, aka Playgirl (voz, baixo e synth), fundadora do projecto de electrónica rock Press Play, tocou baixo e synth em U-Clic e também faz actualmente parte do projecto Ilplaygirl.
Helena aka Synthetique Red no baixo, synth e voz, fundadora dos extintos Mediatic Slaves, foi também baixista/teclista dos Les Baton Rouge e faz actualmente parte do projecto de música electrónica After 101.
Catarina aka Katari na bateria tocou em Act of Anger e Living Dead Act, 2 projectos da cena Margem Sul Hardcore, recentemente colaborou com JESUS K & the sicksicksicks é, actualmente, também baterista e vocalista no projecto CASAL VENTOSO.
Ana aka JD, na guitarra e baixo, foi membro fundador (baterista) dos Random Notes, um projecto Funk, guitarrista em Too Much To Touch e actualmente, além das Anarchicks, está em Oh! Darling, um projecto de tributo a Beatles, como guitarrista/teclista. De resto, também produziu umas faixas para Plastic Poney.

0 comentários: